Carrinho de compras

Nenhum produto no carrinho.

O primeiro campeão de sempre

A competição de clubes mais antiga que se tem conhecimento — como se costuma dizer — é a FA Cup. No entanto, a informação completa é: a FA Cup é a competição de clubes mais antiga que ainda se joga. Foi em 1871 que se disputou o primeiro jogo da FA Cup, para desde então se tornar a competição mais tradicional do futebol mundial, perdurando por quase um século e meio.

Mas, na verdade, foi quatro anos antes que houve o primeiro troféu disputado entre clubes na Inglaterra, em 1867, quando doze times se reuniram em Sheffield para jogar a Youdan Cup. O esporte naquela competição era uma das diversas variações de futebol que se praticavam em todo o Reino Unido, que ficou conhecido como Sheffield Rules, instituídas pela Sheffield Football Association, fundada naquele mesmo ano de 1867. A Challenge Cup — nome oficial, gravado no troféu — era patrocinada por Thomas Youdan, proprietário do Surrey Theatre, em Sheffield, e por isso a competição ficou conhecida pelo nome de seu anunciante.

As regras de Sheffield foram documentadas em 1858 e sofreram alterações ao longo dos anos. Elas foram a matriz das regras definidas pela Football Association anos mais tarde, que só tiveram uma padronização em 1877; até então, os jogos eram disputados com diferentes diretrizes, dependendo da região e da localidade.

A disputa não era tão simples como na FA Cup. Jogos eliminatórios e, em caso de empate, mais uma partida. Os doze times jogaram a primeira fase no dia 16 de fevereiro, dando vaga para os seis vencedores na fase seguinte. A segunda eliminatória aconteceu em 23 de fevereiro. Dos seis times, restariam três.

Uma das regras de Sheffield era a contagem de rouges que serviriam para desempatar jogos. Um rouge era uma “tentativa de gol” numa de baliza de doze jardas de largura. Um gol era contabilizado quando a bola entrava numa baliza menor, com 4 jardas entre uma trave e outra.

Foi desta forma, por ter vencido seu confronto da segunda fase por uma vitória simples, que o Norfolk foi diretamente para a final, enquanto Hallam e Mackenzie — que foram classificados depois de empates — fizeram a semifinal. O Hallam eliminou o Norton na segunda fase, depois de uma igualdade que o levou para o desempate. Neste segundo jogo, o Hallam venceu por um rouge a zero. E o Mackenzie empatou com o Milton por 0 a 0, mas levou a vantagem por ter um rouge a seu favor contra nenhum do adversário da segunda eliminatória. Hallam e Mackenzie também empataram em 0 a 0, mas o primeiro conseguiu quatro rouges contra nenhum do segundo.

No dia 05 de março de 1867, na final entre Norfolk e Hallam, outra igualdade. Mas o Hallam teve dois rouges contra zero. Ele, então, tornou-se o primeiro campeão de um torneio de futebol de que se tem registro. Já o troféu esteve perdido por décadas, até que 130 anos depois, em 1997, um colecionador escocês contactou o clube para dizer que a Youdan Cup estava em sua posse.

O clube comprou, então, a taça — feita de prata — por £ 1.600. O especialista em relíquias de prata, Alastair Dickenson, que apresentava um programa na BBC chamado “Antiques Roadshow”, avaliou a Youdan Cup em £ 100.000, mas o clube declarou que o troféu não estava à venda.

A instituição futebolística mais antiga do mundo — como se sabe popularmente — é o Sheffield FC, fundado em 1857. E, embora o clube já fosse o maior de sua região à época, acabou não disputando a Youdan Cup. Sheffield FC e Hallam FC fazem o Rules Derby, o clássico mais antigo da história, e o estádio Sandygate Road, casa do Hallam, é o mais antigo, sendo usado desde 26 de dezembro de 1860.

Jornalista, publicitário e fotógrafo. Estudou comunicação social na Universidad Nacional de La Plata. Para Martinho, não existe golaço de falta (nem aquele do Roberto Carlos em 1997 contra a França ou de Petković em 2001 contra o Vasco). Aos 11 anos, deixou o cabelo crescer por causa do Maldini. Boicota o acordo ortográfico.

Deixe seu comentário